Capelinha em Dom Marcos

em Blog

Desde os tempos das primeiras fazendas, inúmeras capelas foram construídas com os mais diversos nomes. No sentido de homenagear este ou aquele santo seus proprietários e o povo em geral agindo dentro da mística, procurava manifestar sua fé louvando a santidade divina, apenas através de uma “capelinha”. Às vezes a construção de uma capelinha (principalmente as de beira de estrada), era para relembrar uma fato lamentável que tenha ocorrido. A maioria dessas capelinhas de beira de estrada estão há muito abandonadas e consumidas pelo tempo. Preservam-se, no entanto, aquelas Capelas que estão em sítios e fazendas sendo bem cuidadas pelos seus proprietários.

Capelinha em Dom Marcos

Capelinha em Dom Marcos

A origem da palavra “capela” provém da Cappella (ou manto) de São Martinho, a relíquia mais sagrada dos reis francos, sobre o qual se faziam os juramentos e que era levado à frente das tropas em batalhas. Os seus guardiões eram os cappellani e o santuário no qual se guardava era a cappella. Por isso, cappella veio a ser designação de um prédio religioso, inclusive o seu mobiliário e pessoal, isto é, tudo o que fosse necessário para o culto de um rei ou nobre.

Acompanhe-nos no Twitter e receba nossas imagens diariamente.

Compartilhe:

Veja Também:

Bem vindo ao blog da Preview - Banco de Imagens.

Fique a vontade para compartilhar nossas fotos!

Embarque nesta aventura

Receba nossa newsletter, conteúdo exclusivo, promoções e muito mais...