“Atletas x Ditadura – A Geração Perdida”

em Vídeo Storytelling

A vida era mais segura no alto do pódio. Mas eles preferiram descer e enfrentar um adversário que tinha criado as próprias regras do jogo. O presidente da ARFOC-RS, Milton Cougo nos traz “Atletas x Ditadura – A Geração Perdida”, um documentário que revela a cruel relação entre o esporte e a Ditadura Militar na Argentina. Em apenas oito anos de regime(1976-1983), cerca de trinta mil pessoas morreram ou desapareceram. Entre elas, jovens atletas que deixaram as competições para lutar pela liberdade.

A Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio Grande do Sul – ARFOC-RS em parceria com o Movimento de Justiça e Direitos Humanos convidam para pré-estréia do documentário que será exibido no MEMORIAL DO RS (rua 7 de Setembro, 1020 – Praça da Alfândega), dia 4 de julho às 19 horas.

O ponto de partida é um discurso do Tenente-General Jorge Rafael Videla na despedida da seleção Argentina de rúgbi, que partia para o Campeonato Mundial, em 1978. No momento em que o ditador celebra a equipe como uma “embaixada da liberdade” no exterior, dezessete jogadores do La Plata Rugby Club já tinham desaparecido nas mãos de agentes do seu governo.

Depois da exibição haverá um debate com a participação dos diretores do filme e do jornalista e escritor argentino Gustavo Veiga. Repórter desde 1978 nos principais do diários Argentinos, faz parte atualmente da equipe do jornal Página 12 de Buenos Aires. É autor de três livros: Donde manda La patota, barrabravas poder y política 1998. Fútbol Limpio, Negocios Turbios, 2002 y Deporte, Desaparecidos y Dictadura, 2006.

Compartilhe:

Veja Também:

Bem vindo ao blog da Preview - Banco de Imagens.

Fique a vontade para compartilhar nossas fotos!

Embarque nesta aventura

Receba nossa newsletter, conteúdo exclusivo, promoções e muito mais...